Receptivo no Rio

Faça seu cadastro e solicite nossos tarifários. Temos uma grande variedade de serviços para você não perder vendas. Fazer cadastro...

Cadastro seu e-mail

Cadastre seu e-mails e receba nossas promoções e novidades!

Ingresso Carnaval Rio de Janeiro

CARNAVAL

Já começaram as vendas dos ingressos para o CARNAVAL 2014. Temos disponíveis ingressos para todos os setores do sambódromo: arquibancada, cadeira de pista, frisa e camarote. A Rio40graus Operadora leva você para o maior show da terra, com todo conforto e segurança. Os ingressos já estão a vendas nossa loja virtual: www.cliqueseguro.com. Faça já sua reserva e aproveite nossos preços promocionais.

khantry design

UFC Rio de Janeiro

O Ultimate Fighting Championship (UFC) é a maior organização de artes marciais mistas do mundo. Inspirado por torneios devale-tudo de origem brasileira, é atualmente comandada pela Zuffa Entertainment. Lutadores de MMA (como o esporte é conhecido) praticam diferentes artes marciais, tais como jiu-jitsu brasileiro, boxe, wrestling, muay thau, judô, karatê, tae kwon do, entre outras. Levamos você para a arena do UFC no Rio de Janeiro, com todo conforto e segurança. Atendemos pequenos e grandes grupos. Faça sua solicitação!

 

Rock in Rio 2013

O Rock in Rio é um festival de música cultural originário do Brasil idealizado pelo empresário brasileiro Roberto Medina e realizado pela primeira vez em 1985. Considerado como o maior festival de música da atualidade, o festival abrange todos os ritmos para agradar todos os fãs. A Rio40graus Operadora leva você ao festival com total conforto e segurança. Com 18 pontos para embarque e três horários diferentes, sua única preocupação é se divertir. Acesse nossa loja virtual e compre já seu transporte.

Um Rio para todos

TURISMO GLS
Um dos grandes orgulhos da cidade maravilhosa é ser considerado o melhor destino para os gays de todo planeta. A cidade recebe, todos os anos, milhares de pessoas interessadas em conhecer esse mundo colorido. A Rio40graus Operadora dá boas vindas ao público mais animado da cidade e oferece diversos roteiros e passeios especializados, sempre visando a qualidade e o bom gosto em seus pacotes. Venha conhecer a cidade maravilhosa conosco!

 

Times de futebol do Rio

vasco.jpg

Enquete do Rio

O que você quer ver?
 

Indique este site a um amigo!

Se você gostou deste site, indique a um amigo, ele também pode gostar de nossos produtos.

Quantos on line

Nós temos 138 visitantes online
Petrópolis, cidade imperial PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

Petrópolis fica a 68 km do Rio.

O local foi descoberto em 1830 por D. Pedro I. Encantado com o clima e a beleza do lugar, ele adquiriu ali uma fazenda. Treze anos depois, seu filho D. Pedro II deu origem à cidade, construída para ser a sede da Corte. Ainda nos dias de hoje Petrópolis guarda um charme daqueles tempos de glória, conservando as aristocráticas mansões dos barões, viscondes e condes, situadas próximas ao Palácio Imperial - hoje um belo museu, onde está o acervo dos tempos do Império e cuja fachada serve de palco para o belo espetáculo Som e Luz. Além do Museu Imperial, não deixe de visitar a Casa de Santos Dumont, o Quitandinha, o Palácio de Cristal, a Catedral de São Pedro de Alcântara, o Palácio Rio Negro e as casas do Barão de Mauá, Princesa Isabel e Rui Barbosa. O imponente Castelo do Barão de Itaipava, a 15 km do Centro, também merece uma visita. A criançada vai curtir passear pelo Parque Cremerie, área de lazer onde há pedalinhos na lagoa e brinquedos por toda a área verde. Para compras, a melhor pedida é a Rua Teresa, próxima ao Centro Histórico, verdadeiro shopping a céu aberto, com roupas e acessórios de moda a preços de fábrica (atacado e varejo). Em Itaipava, além de bons hotéis e restaurantes, há vasta oferta de cerâmica, móveis, decoração, antiquários e artesanato. Alguns eventos do calendário petropolitano merecem destaque, como a Bauernfest e o Festival de Inverno, que aproveitam a temperatura fria para atrair mais turistas para a cidade. Curtir a natureza local é outro excelente programa: é possível praticar rafting pelo rio Paraibuna, descida de rapel na cachoeira Véu da Noiva, cavalgada ecológica no Haras Analu e pela região que liga o vale do Cuiabá a Teresópolis, caminhadas ecológicas pela serra dos Órgãos e trekking na reserva biológica do Tinguá. Outra boa pedida é percorrer o antigo "Caminho do Imperador", ou "Estrada Imperial", que liga Petrópolis a Paty do Alferes, pelo alto da serra do Couto, num percurso de 36 km

Ao começo da exploração pelos portugueses do que viria a ser o atual estado do Rio de Janeiro, algumas missões foram enviadas na direção das montanhas da Serra da Estrela. Naquele lugar, encontraram-se poucos índios dispersos e o único recurso mineral apurado por ali foram algumas pedras de coloração esbranquiçada e consideradas sem valor.
Entre 1722 e 1725, o sargento-mor Bernardo Soares de Proença, proprietário de terras em Suruí, abriu uma variante que encurtava e facilitava o trajeto do Caminho Novo que tinha sido aberto alguns anos antes.
A história da cidade começou a configurar-se mais propriamente em 1822, quando dom Pedro I, a caminho de Minas Gerais pelo Caminho do Ouro, mais precisamente pelo Caminho do Proença ou Variante do Caminho Novo da Estrada Real, hospedou-se na fazenda do padre Correia e ficou encantado com a região. Tentou comprar as terras, porém sem sucesso. Por fim, adquiriu uma fazenda vizinha, a fazenda do Córrego Seco, que renomeou Imperial Fazenda da Concórdia, onde pretendia construir o Palácio da Concórdia. Hoje, a propriedade corresponde, com alguns acréscimos, à área do primeiro distrito de Petrópolis.
Os planos do primeiro imperador não foram concluídos, mas dom Pedro II continuou com os planos e, em 1843, assinou um decreto pelo qual determinava o assentamento de uma povoação e a construção do sonhado palácio de verão, que ficou pronto em 1847. A partir de então, durante o verão, a cidade tornava-se a capital do Império com a mudança de toda a corte. Pedro II governou por 49 anos e, em pelo menos quarenta verões, permaneceu em Petrópolis, eventualmente por até cinco meses.
Independentemente da época do ano, era em Petrópolis que moravam os representantes diplomáticos estrangeiros. Entre 1894 e 1903, foi capital do estado do Rio de Janeiro, em substituição a Niterói, devido à Revolta da Armada. Também neste período, foi eleito Hermogênio Silva, o único vice-governador fluminense cuja base política era Petrópolis. O sanitarista Oswaldo Cruz foi nomeado seu primeiro prefeito em 1916.
A importância política da cidade perdurou por décadas, mesmo depois do fim do Império. Todos os presidentes da república, de Prudente de Morais a Costa e Silva, passaram pelo menos alguns dias na cidade imperial durante seus mandatos. O mais assíduo dentre eles foi Getúlio Vargas, cujas estadias, durante o Estado Novo, duravam até três meses.
Como consequência da transferência da capital do Brasil para Brasília, Petrópolis perdeu consideravelmente sua importância no contexto político do país.

O planejamento
Petrópolis é um notável exemplo dos esforços de imigração europeia para o Brasil no Segundo Reinado. Concebida pelo major Júlio Frederico Koeler, é tida como a segunda cidade projetada do Brasil (depois de Recife, projetada na época dos holandeses), composta de um núcleo urbano - a cidade (hoje o Centro), onde se concentravam o palácio imperial, prédios públicos, comércio e serviços. O Centro seria rodeado por "quarteirões imperiais", que receberam famílias de agricultores, principalmente alemãs, que hoje compõem bairros do primeiro distrito.
Outros estrangeiros, como açorianos e, posteriormente, italianos, viriam somar-se ao contingente de imigrantes, sobretudo para trabalhar nas indústrias de tecidos e comércio.
O pitoresco do projeto de Koeler foi o fato de batizar os quarteirões com nomes de cidades e acidentes geográficos das regiões (Rheinland-Westphalen) de onde vinham os colonos alemães: Kastelaum (Castelânea), Mosel (Mosela), Bingen, Nassau, Ingelheim, Woerstadt, Darmstadt e Rheinland (Renânia). As terras foram arrendadas para Koeler e, através dele, aos imigrantes, resultando em um sistema de foro e laudêmio (enfiteuse) pago a alguns dos descendentes de Dom Pedro II até hoje.

Arquitetura

Museu Imperial.
A cidade possui um conjunto arquitetônico sem igual, do qual o símbolo mais conhecido é o Palácio Imperial, hoje Museu Imperial. O palácio é a principal construção do chamado "centro histórico", onde se destaca a Avenida Koeler, ladeada por casarões e palacetes do século XIX. A via é perpendicular à fachada da Catedral de São Pedro de Alcântara e, no outro sentido, à Praça Ruy Barbosa e à fachada da Universidade Católica - constituindo-se, assim, em um dos mais belos cenários da cidade.
No chamado "centro histórico", encontram-se, também, construções curiosas como a "Encantada" (casa de verão de Santos Dumont); o Palácio de Cristal; o Palácio Amarelo (Câmara de Vereadores); o Palácio Rio Negro, fronteiriço à sede da prefeitura (palácio Sergio Fadel) e construções curiosas, como o "castelinho" do autodenominado "Duque de Belfort", na esquina da Koeler com a Praça Ruy Barbosa; ou ainda a antiga casa da família Rocha Miranda, na Avenida Ipiranga - mesmo endereço de outra residência da mesma família, em estilo sessentista. Linhas modernas também estão presentes na casa de Lúcio Costa, no bairro de Samambaia.
Petrópolis foi palco de acontecimentos e episódios diversos da história do Brasil, como:
Petrópolis foi o primeiro povoamento planejado do Brasil;
A inauguração da primeira rodovia pavimentada do Brasil, a União e Indústria (1861), ligando a cidade a Juiz de Fora;
A primeira sessão de cinema (1897), com a exibição, através de "cinematógrapho", dos primeiros filmes dos irmãos Lumière;
A assinatura do tratado que incorporou o Acre ao Brasil (1903);
A morte de Ruy Barbosa (1923);
O suicídio do escritor austríaco Stefan Zweig (1942).
Conferência Interamericana de 1946. Nas dependências do Palácio Quitandinha ocorreu a assinatura da declaração de guerra dos países americanos ao Eixo, durante a Segunda Guerra Mundial. Realizou-se também, em 1957, a 16ª Conferência Mundial de Bandeirantes, que contou com representantes de 23 países Associados à WAGGGS Word Association of Girl Guides and Girl Scouts. O Palácio Quintandinha ainda é conhecido como o maior e mais legítimo palácio do Brasil e, ao lado do Colón no Uruguai, como os maiores da América Latina.

Passeios regulares às terças, quintas e sábados

Nome:
Celular:
Assunto:
Comentários:
E-mail:
Tel.: Fixo:

 

Contatos

 

Adicionar comentário


           

Passeio de lancha, um dos mais procurados

Vislumbrar as curvas da cidade maravilhosa pelo mar é uma experiência única e inesquecíivel. Com uma beleza exuberante, o Rio de Janeiro oferece a oportunidade de ser expolrada por todos os ângulos. Venha fazer um maravilhoso passeio pelos mares cariocas e viva a beleza natural em toda sua intensidade. 

Petrópolis, um marco na história do Brasil!

Visitar a cidade de Petrópolis é mergulhar de corpo e alma na história do Brasil. A cidade ficou famosa por abrigar a casa de veraneio da família real, construída a pedido de D. Pedro I. Preserna, ainda hoje, monumentos históricos, misturado ao seu ar bucólico de interior e o famoso Museu Imperial, com uma exposição permanente de peças e objetos utilizados no período colonial pela família real. Um passeio inesquecível e totalmente enriquecedor.

Arraial do Cabo: o caribe brasileiro!

Arraial do Cabo é condisiderado um dos lugares mais lindos do planeta. Carinhosamente chamada de caribe brasileiro, a cidade fica localizada na região da costa do sol, norte fluminense. Uma pequena cidadezinha, antiga colônia de pescadores, é cercada de praias de água cristalina, areias brancas e totalmente paradisíacas. Venha conhecer esse pedacinho do paraíso.

Angra dos Reis e Ilha Grande

Angra dos Reis possui nada menos que 365 ilhas salpicadas em um mar de águas verdes e cristalinas e duas mil praias repletas de belezas naturais. Envoltos pela Mata Atlântica e banhados pelo mar verde-esmeralda há condomínios de luxo, resorts e hotéis que hospedam turistas que buscam o melhor para suas férias e finais de semana.

Um dia no Rio de Janeiro

Com uma das paisagens mais deslumbrantes do planeta, a cidade do Rio de Janeiro é totalmente merecedora do título de “Cidade Maravilhosa”. Premiada com sua geografia única, a cidade é rodeada de belezas naturais, que encantam a todos que a conhecem. A cidade consegue integrar em perfeita harmonia a sua floresta da Tijuca com suas lindas praias e lagoas. Seu povo acolhedor e de bem com a vida proporciona uma experiência ainda mais agradável e faz do Rio um dos destinos mais procurados do mundo.

Búzios, onde natureza e sofisticação se misturam em plena harmonia!

A pequena Armação dos Búzios recebe turistas do mundo inteiro em busca de suas belas praias e suas noites de pura badalação. Frequentada por famos, intelectuais e celebridades do mundo inteiro, a cidade oferece uma grande opção de passeios e praias belíssimas. Com suas pousadas luxuosas, seus restaurantes cinco estrelas, e a famosa Rua das Pedras, a cidade é um dos balneários mais procurados da costa do estado do Rio de Janeiro. Venha conhecer esse lugar mágico e encantador.

@ Copy right Rio40graus OPeradora, Desenvolvido e hospedado Pela Travelsolution.com.br 21 8338 4991
Copy right